O Rei de Arkanum

  • O Rei de Arkanum – Primeira Parte: A escuridão era quase palpável de tão densa. A noite não tinha estrelas, nem a lua se fazia visível para gerar alguma luz. Não podiam acender a tocha para não serem vistos. O anão seguia na frente, o único que conseguia enxergar naquele breu. Sua raça vive nos subterrâneos, dentro das montanhas e por isso se adaptaram àquela situação de nenhuma visibilidade. Atrás dele, os demai... Continue lendo

  • O Rei de Arkanum – Segunda Parte: A trilha era tortuosa e o frio era intenso. Seguiam o pequeno guia, que era o único que conhecia essa trilha. Seria impossível chegar até ali sem ele, já que todos os lugares eram iguais: pedras, abismos, encostas, pinheiros e neve, muita neve. O guia era um pouco maior que o anão, mas ainda assim muito pequeno para um humano. Franzino, com um escasso bigode e olhos puxados como o s... Continue lendo

  • O Rei de Arkanum – Terceira Parte: Segurando a [[katana-kin embainhada, com sua empunhadura de aço celestial, Kamanui liderava o reduzido grupo de volta ao local onde o demônio fora invocado. O chão ainda tinha uma marca queimada onde o monstro surgira. O altar onde a garota fora amarrada continuava no mesmo local. Mas o Rei de Arkanum não estava por ali. — Eu disse que ele não estaria aqui nos esperando — Will ... Continue lendo

Esta entrada foi publicada em e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Escreva um comentário