Deuses

Deuses são entidades extraordinárias de poderes próximos ao infinito. O poder de um deus é tão extremo, que ele pode interferir diretamente na vida dos habitantes de Morgdan e, literalmente, realizar milagres. Porém, cada deus normalmente tem sua existência ligada a algum aspecto especial da vida dos morgdanêses, como o deus da alegria, deus do tempo, deus da sorte, deusa da natureza. Tendo o deus, assim, seu poder restrito ao seu aspecto.

Os deuses escolhem, dentre seus fiéis, alguns sacerdotes por onde seu poder será
canalizado. Esses são chamados de clérigos e devem seguir a doutrina de seu deus à risca e levar a sua religião para o maior número de pessoas possíveis. Em troca recebem diversos poderes de seu deus.

O número de deuses que atuam em Morgdan é muito grande e apenas eles sabem ao certo
quantos são. Mas existem deuses mais poderosos e outros com muito pouco poder. Por isso, Kolthar, deus da justiça e líder dos deuses, decidiu selecionar os mais poderosos e chamar esse grupo de o Primeiro Panteão.

O Primeiro Panteão

Os deuses abaixo formam um seleto grupo de dez Grandes Deuses, os quais também são referidos como Primeiro Panteão. São os deuses mais poderosos e conhecidos, contando com maior número de devotos e clérigos.

  • LEONAR: deus da criação, luz e vida
  • NOSRREDRAM: deus da destruição, trevas e morte
  • KOLTHAR: deus da justiça, neutralidade e dragões
  • JULIAN: deus da alegria, bardos, ladrões e ilusões
  • HELLENAH: deusa da tristeza, depressão e noite
  • TATSU-KIN: deus da honra, gelo e dos samurais
  • MOG: deus dos bárbaros, violência e covardia
  • JHANNA: deusa da natureza, druidas e fenômenos naturais
  • ETROS: deus do destino, sorte e azar
  • THINOS: deus do tempo, precisão e envelhecimento

Deuses Menores

Além dos dez deuses acima, existem centenas, talvez milhares, de outros deuses conhecidos como “menores”, que não possuem poder suficiente para entrar no grupo dos 10 Grandes.

Para poder entrar no Primeiro Panteão, o deus precisa superar pelo menos um dos grandes deuses em “poder”: uma medida controversa que varia de acordo com o número de pessoas que acreditam na existência do deus, o número de devotos e o número de clérigos. Quando o deus acreditar que possui esse pré-requisito, deve requisitar ao líder do Panteão – atualmente Kolthar, o deus da justiça – a sua inclusão, e este pode aceitar ou não.

Esses são alguns dos mais conhecidos deuses do mundo de Morgdan que ainda não fazem parte do Primeiro Panteão:

Veja também

Adicionar o link permanente aos favoritos.

Escreva um comentário